Site da USP
Programa de Pós-Graduação em Fisiologia Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Facebook
06/07/2017

Physionet – Genealogias e Redes de Conhecimento de Programas de Pós-Graduação em Fisiologia do Brasil.

Mapa de destino dos egressos de doutorado


O projeto de Genealogias e Redes de Conhecimento ou Co-Autorias dos Programas de Pós-Graduação registrados na CAPES-Brasil foi uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação (PPG) de Fisiologia da FMRP-USP, no mandato do Professor Dr. Norberto Garcia-Cairasco (2013-2017). Neste contexto, numa percentagem altíssima muitos dos egressos da FMRP são responsáveis, a partir da década dos 70´s da criação de novos PPGs, que hoje povoam várias regiões do Brasil.

Por tanto, 1.) delinear as genealogias acadêmicas envolvidas neste processo, 2.) georreferenciar estes PPGs e seus atores, 3.) determinar as cooperações/colaborações e caracterizar suas Redes de Co-autoria (Knowledge Networks) são objetivos de fundamental importância para fazer um avaliação nacional e de impacto internacional, que transcenda as avaliações convencionais geralmente baseadas em número de artigos publicados e número de citações.

Esta caracterização dos PPGs e seus egressos, com métodos multivariados, usando sistemas complexos, com expressão no tempo e no espaço, poderá subsidiar avaliações de desempenho acadêmico (CAPES) e de impacto educativo e social, e servirá de alicerce para justificar mais uma vez a importância do apoio local, estadual e federal para a infraestrutura, materiais de pesquisa, e investimentos em bolsas e capacitação docente e estudantil.

Nesta primeira fase do projeto foram feitas três análises a fim de conhecer a distribuição dos dados, determinando as genealogias acadêmicas, bem como as colaborações, localização geográfica e redes de genealogia, tendo como alvo ou modelo/objeto de estudo os pesquisadores de Programas de Fisiologia da Área CBII da CAPES.

Genealogias Acadêmicas

As relações formais de orientação de Mestrado e Doutorado são representadas por uma estrutura denominada grafo de genealogia acadêmica. Esta estrutura permite a análise de fluxo de conhecimento de pesquisadores. Trata-se de uma ferramenta poderosa para identificar os pesquisadores que tiveram grande impacto na academia sob a perspectiva de formação de recursos humanos.

Cooperações/Colaborações

A análise das redes de colaboração tem sido usada ao longo do tempo para descrever o comportamento de diferentes sistemas, neste caso particular aplicado às interações entre diferentes grupos de pesquisa. Numa sociedade altamente conectada é importante conhecer como aquelas redes foram criadas e como foi sua evolução na história. Os dados coletados neste projeto foram extraídos da Plataforma Lattes do CNPq, dos curricula de 287 pesquisadores da área CBII da CAPES. Por fim, após análise detalhada baseada nesses dados permitiu o desenvolvimento de uma plataforma chamada PhysioNet  para ilustrar as Redes de Colaboração entre pesquisadores e instituições dos PPGs em Fisiologia incluídos na Área CBII da CAPES, além de apresentar gráficos de evolução temporal das publicações por tipo de veículo e outras ilustrações correspondentes à produção cientifica desde 1958 até 2016.

Relações Geográficas e Egressos

Ao longo de todo o processo a metodologia mais usada tem sido a teoria dos grafos, que permite a geração de novas formas de enxergar e mensurar essas redes de conhecimento. Sendo que numa etapa inicial a informação veio dos registros históricos dos próprios PPGs e dos pesquisadores que os compõem, para posteriormente vir diretamente da informação registrada nos CV Lattes, que geraram inúmeras representações que indicam relações geográficas, cronológicas, genealógicas, e de colaboração, usando grafos, histogramas, mapas, gráficos de setores, entre muitas outras opções.

Este Projeto não teria sido iniciado sem a excelente e competente colaboração do Prof. Dr. Jesus Mena Chalco, do Centro de Matemática, Computação e Cognição  da Universidade Federal do ABC (UFABC), autor do scriplattes, programa pioneiro que permite a captura de informações constantes nos CVs Lattes, do Dr. Juan Felipe Delgado Garcia, Engenheiro de Sistemas e Telemática, Mestre em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e do Prof. Dr. Julian Tejada Professor Adjunto do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

O PPG em Fisiologia da FMRP, e em seu nome toda a Pós-Graduação do Brasil agradece imensamente a este jovem grupo de especialistas da área de Computação por esta especial empreitada. Esperamos que a Physionet e outros links tais como

Fisiologia-FMRP-Árvore-Genealogias
http://vision.ime.usp.br/~jmena/projeto-prof-norberto-usp-rp/2017/ppgs-fisiologia-USP-Fisiologia/arvore/,

Grafos Hierárquicos Pesquisadores PPG Fisiologia FMRP-USP,
http://www.lb.ufs.br/apresentacoes/GrafosProfessoresFisiologia/index.html,

Fisiologia-FMRP-Produção Completa Grafos,
http://vision.ime.usp.br/~jmena/projeto-prof-norberto-usp-rp/2017/ppgs-fisiologia-USP-Fisiologia/ppgs-fisiologia-USP-Fisiologia/,

Fisiologia-FMRP-Produção Quadriênio-Grafos ,
http://vision.ime.usp.br/~jmena/projeto-prof-norberto-usp-rp/2017/ppgs-fisiologia-USP-Fisiologia/ppgs-fisiologia-USP-Fisiologia—quadrienio/,

com todas suas análises sejam consultados e que comentários, críticas e sugestões sejam encaminhadas aos próprios pesquisadores e à Coordenação do nosso PPG em Fisiologia da FMRP. A aplicação desta metodologia e plataformas a outros PPGs será certamente bem vinda.